Uma advogada de 25 anos furtou um carro da Guarda Municipal de Vitória, no Espírito Santo, na manhã desta segunda-feira. Ela disse que precisava do carro para buscar auxílio espiritual em um templo religioso. No caminho, perdeu o controle do veículo e bateu contra um dos pilares do portão da Primeira Igreja Batista de Vitória, no centro, onde procurou refúgio. Depois de contida por funcionários da igreja, a jovem foi encaminhada para o hospital São Lucas, onde foi constatado que sofrera um surto psicótico.

A advogada, que estava vestindo uma camisola branca, foi vista pela primeira vez quando buscava por socorro em meio aos carros na rua do Canal, em Jardim da Penha. O motorista de um ônibus parou o veículo para prestar ajuda à jovem, que dizia ter sofridouma tentativa de abuso sexual. Ela foi deixada pelo motorista em frente à Praça dos Namorados, onde estava de plantão uma viatura da Guarda Municipal.

A jovem foi atendida por um guarda e, como aparentava estar muito transtornada, foi colocada no interior da viatura enquanto o oficial repassava as informações para a central via rádio. Com o agente fora do veículo, a mulher arrancou com o carro e quase oatropelou. O guarda ainda tentou impedir o furto e seguiu a jovem de táxi até à igreja, onde ela foi contida por funcionários. Por se tratar de uma paciente psiquiátrica, ainda é incerto se a jovem terá que responder criminalmente sobre o furto do automóvel e o acidente provocado.

DEIXE UMA RESPOSTA

Você digitou um endereço de e-mail incorreto!
Por favor, digite seu nome aqui