O cerol, uma brincadeira perigosa de soltar pipa com linha cortante, fez mais uma vítima em Araçatuba. É o segundo acidente em três dias na cidade. O pintor de carros Heraldo Luis Anciloto, de 51 anos, já está em casa, no bairro Claudionor Cinti. Ele se recupera dos ferimentos que sofreu no pescoço quando pilotava uma moto pela rodovia Elieser Montenegro Magalhães, próximo ao bairro Traitú.

Heraldo perdeu muito sangue e, além do pescoço, também teve ferimentos na mão direita ao tentar cortar a linha. No último domingo, o técnico em radiologia Ricardo Alexandre Valério também foi atingido no pescoço por uma linha cortante, quando passava por uma das principais avenidas da cidade.

Desde o início das férias, a Guarda Municipal de Araçatuba intensificou a fiscalização para apreender pipas com ou sem cerol. Na cidade existe uma lei que proíbe soltar pipas próximo da rede elétrica. Em pouco mais de 15 dias já foram apreendidas 250 pipas, contra 500 durante os dois meses de férias escolares no ano passado.

DEIXE UMA RESPOSTA

Você digitou um endereço de e-mail incorreto!
Por favor, digite seu nome aqui